Curva de referência do volume do braço e coxa fetal por meio da ultrassonografia tridimensional usando o método XI VOCAL. / Reference range of fetal upper-arm and thigh volumes by three-dimensional ultrasonography using the XI VOCAL method.

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/03/2011

RESUMO

Objetivo: Determinar valores de referência para o volume do braço e coxa fetal por meio da ultrassonografia tridimensional (US3D) usando o programa eXtended Imaging Virtual Organ Computer-aided AnaLysis (XI VOCAL). Método: Realizou-se um estudo de corte transversal com 425 gestantes normais de 20 a 40 semanas. Para os cálculos volumétricos, utilizou-se o método XI VOCAL com delimitação de 10 áreas seqüenciais no plano axial dos membros, tendo-se como referências as epífises proximal e distal. Para avaliar a relação do volume do braço e coxa fetal com a idade gestacional (IG) foram criados modelos de regressão polinomial de segundo grau, com determinação de percentis 5, 10, 25, 50, 75, 90 e 95. Para se avaliar as reprodutibilidades intra e interobservador, utilizou-se o coeficiente de correlação intraclasse (CCI). Resultados: O volume médio do braço fetal variou de 4,59 1,18 (3,10 7,40 cm3) a 53,87 10,72 cm3 (40,30 76,60 cm3) e da coxa, de 8,00 1,86 (3,90 11,90 cm3) a 122,14 14,90 cm3 (105,0 153,50 cm3). Os volumes foram altamente correlacionado com a IG: volume do braço= 34,26 3,62xIG + 0,11xIG2 (R2= 0,913) e volume da coxa= 68,70 7,63xIG + 0,23xIG2 (R2= 0,946). As reprodutibilidades intra e interobservador foram excelentes para ambos, com CCI= 0,997 e 0,996, para o volume do braço e coxa fetal, respectivamente. Conclusão: Valores de referência para o volume do braço e coxa fetal por meio da US3D usando o método XI VOCAL foram determinados e se mostraram altamente reprodutíveis.

ASSUNTO(S)

braço fetal: coxa fetal ultrassonografia tridimensional volumetria ultrassonográfica tridimensional xi vocal medicina fetal ultrasonography three-dimensional imaging organ volume

Documentos Relacionados