Creatine kinase serum activity in feline hyperthyroidism

AUTOR(ES)
FONTE

Cienc. Rural

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

O hipertireoidismo é uma doença endócrina comum em gatos, resultante da excessiva secreção dos hormônios tireoidianos (tiroxina-T4 e triiodotironina-T3), possui caráter multissistemico e provoca várias alterações nos parametros bioquímicos. A creatina quinase (CK) é uma enzima que tem sua atividade sérica aumentada em diversas enfermidades e, na medicina veterinária, é principalmente utilizada para avaliar lesões no músculo esquelético, músculo cardíaco e tecido hepático. O objetivo deste estudo foi determinar a ocorrência da atividade sérica da CK em gatos com hipertireoidismo e suas associações com alterações clínico-patológicas e com a tiroxina total (TT4) e livre (FT4). A atividade sérica da CK foi avaliada em 19 gatos com hipertireodismo espontâneo, com TT4 variando de 34,88-294,98nmol L-1 e FT4 variando de 2,83-52,9nmol L-1. Sua atividade estava elevada em 47,3% dos gatos (≥250U L-1) e apresentou diferença estatística (P<0,05) entre gatos com ou sem doença cardíaca. A CK apresentou associação fraca com os paramêtros bioquímicos avaliados. Neste estudo, não foi possível estabelecer uma associação clara entre o hipertireoidismo e o aumento da CK. Contudo, os resultados encontrados da atividade da CK encorajam a realização de novos estudos, para uma compreensão mais profunda da elevação da CK no hipertireoidismo.The aim of this study is to determine the occurrence of creatine kinase (CK) serum activity in cats with hyperthyroidism and its associations with clinical-pathological alterations and with total (TT4) and free (FT4) thyroxin. CK serum activity was evaluated in 19 cats with spontaneous hyperthyroidism, with TT4 ranging from 34.88-294.98nmol L-1 and FT4 ranging from 2.83-52.9pmol L-1 and also by serum biochemical analysis, including the activity of CK, alanine aminotransferase (ALT), alkaline phosphatase (ALP), aspartate aminotransferase (AST), gamma-glutamyl transferase (GGT), cholesterol and bile acids. The reference value for CK considered in this study was of 110-250U L-1. CK serum activity was evaluated in 19 cats with spontaneous hyperthyroidism, with TT4 ranging from 34.88-294.98nmol L-1 and FT4 ranging from 2.83-52. 9pmol L-1. Its activity CK was elevated in 47.3% of cats (≥250U L-1) and presented statistical difference (P<0.05) between cats with or without cardiac disease. CK presented weak association with all parameters in biochemical analysis. In this study, it was not possible to establish a clear association between hyperthyroidism and the increase of CK. However, it is important to highlight the inclusion of CK activity in the routine examinations for the evaluation of hyperthyroidism and for further studies to be developed.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados