Copper toxicity for Scinax ruber and Rhinella granulosa (Amphibia: Anura) of the Amazon: Potential of Biotic Ligand Model to predict toxicity in urban streams

AUTOR(ES)
FONTE

Acta Amaz.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

Nos últimos anos foram registrados muitas extinções e declínios de populações de anuros. Eles estavam relacionados com a poluição do ambiente, a mudanças no uso da terra e ao surgimento de doenças. O principal objetivo deste estudo foi determinar a sensibilidade dos anuros amazônicos ao cobre. Os girinos de Scinax ruber e Rhinella granulosa no estadio 25 e os ovos de Scinax ruber foram expostos por 96 horas a concentrações de cobre entre 15 µg Cu L-1 a 94 µg Cu L-1. A CL50 -96 h dos girinos de Rhinella granulosa, dos girinos de Scinax ruber e dos ovos de Scinax ruber em águas pretas da Amazônia foram 23,48; 36,37 e 50,02 µg Cu L-1, respectivamente. O modelo do ligante biótico foi usado para prever os valores de CL50 para essas duas espécies e pode ser considerado uma ferramenta promissora para essas espécies tropicais e para essas condições de água. A Toxicidade de cobre depende da composição físico-química da água e do estagio larval dos girinos. O estadio 19-21 de Gosner (relacionados ao aparecimento das brânquias externas) são os mais vulnerável e o estagio de ovo é o mais resistente. Em caso de contaminação por cobre, os igarapés naturais devem ter uma atenção especial, uma vez que o cobre é mais biodisponível nesse ambiente.In the last years many populations of anurans have declined and extinctions have been recorded. They were related to environmental pollution, changes of land use and emerging diseases. The main objective of this study was to determine copper sensitivity of the anuran of the Amazon Rhinella granulosa and Scinax ruber tadpoles at stage 25 and Scinax ruber eggs exposed for 96 h to copper concentrations ranging from 15 µg Cu L-1 to 94 µg Cu L-1. LC50 at 96 h of Rhinella granulosa Gosner 25, Scinax ruber Gosner 25 and Scinax ruber eggs in black water of the Amazon were 23.48, 36.37 and 50.02 µg Cu L-1, respectively. The Biotic Ligand Model was used to predict the LC50 values for these species and it can be considered a promising tool for these tropical species and water conditions. Copper toxicity depends on water physical-chemical composition and on the larval stage of the tadpoles. The Gosner stage 19-21 (related to the appearance of external gills) is the most vulnerable and the egg stage is the most resistant. In case of contamination by copper, the natural streams must have special attention, since copper is more bioavailable.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences biological sciences exact and earth sciences health sciences

Documentos Relacionados