Contratos formais para derivaÃÃo e verificaÃÃo de componentes paralelos. / Formal Contracts for Derivation and Verification of Parallel Componentes

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

20/09/2012

RESUMO

A aplicaÃÃo de nuvens computacionais para oferecer serviÃos de ComputaÃÃo de Alto Desempenho (CAD) à um assunto bastante discutido no meio acadÃmico e industrial. Esta dissertaÃÃo està inserida no contexto do projeto de uma nuvem computacional para o desenvolvimento e execuÃÃo de aplicaÃÃes de CAD baseadas em componentes paralelos, doravante denominada nuvem de componentes. Um dos principais desafios na sua utilizaÃÃo consiste no suporte à programaÃÃo paralela, tarefa bastante suscetÃvel à erros, pois tais erros podem levar, ao longo do desenvolvimento, a problemas de sincronizaÃÃo de processos, que podem causar abortamento da execuÃÃo e a produÃÃo de dados incorretos, bem como a problemas relacionados ao uso ineficiente dos recursos computacionais. à importante que tais problemas sejam tratados no caso de aplicaÃÃes de longa duraÃÃo cujo respeito a um cronograma para obtenÃÃo de resultados à crÃtico, aplicaÃÃes estas bastante comuns no contexto de CAD. Uma possÃvel soluÃÃo para tais problemas consiste na verificaÃÃo do comportamento e das propriedades dos componentes na nuvem, antes que seja feita a sua execuÃÃo, tornando possÃvel que os usuÃrios dos componentes da nuvem saibam se um componente pode ser utilizado com seguranÃa em sua aplicaÃÃo. Nesse cenÃrio, o uso de mÃtodos formais surge como uma alternativa atraente. A contribuiÃÃo desta dissertaÃÃo consiste em um processo de derivaÃÃo e verificaÃÃo de propriedades de componentes na nuvem. Tal processo envolve a especificaÃÃo formal do comportamento dos componentes por meio de contratos descritos pela linguagem Circus. EntÃo, atravÃs de um processo de refinamento e traduÃÃo tendo como ponto de partida o contrato, chega-se à implementaÃÃo de um componente para execuÃÃo sobre uma plataforma de computaÃÃo paralela. AtravÃs desse processo, torna-se possÃvel oferecer garantias aos desenvolvedores em relaÃÃo ao comportamento dos componentes no contexto de suas aplicaÃÃes. Para a prova de conceito, o processo à aplicado sobre a especificaÃÃo "papel-e-caneta" de dois benchmarks do NAS Parallel Benchmarks, IS e CG, bastante difundidos na Ãrea de CAD.

ASSUNTO(S)

ciencia da computacao mÃtodos formais programaÃÃo paralela componentes de software formal methods parallel programing software components programaÃÃo paralela (computaÃÃo) componente de software computaÃÃo de alto desempenho

Documentos Relacionados