Complete internal audit of a mammography service in a reference institution for breast imaging

AUTOR(ES)
FONTE

Radiol. Bras.

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/03/2014

RESUMO

Objetivo Realização de auditoria completa do serviço de mamografia de uma instituição privada, conforme preconizado pelo BI-RADS®, e comparação dos resultados obtidos com os recomendados pela literatura em serviço de referência em diagnóstico de câncer mamário na cidade de São Paulo. Materiais e Métodos Estudo retrospectivo, analítico e transversal contendo casuística de 8.000 pacientes que realizaram mamografias no período de abril de 2010 a março de 2011, submetidas à auditoria, com base no resultado de sua mamografia. Houve seguimento dessas pacientes até dezembro de 2012. Resultados De acordo com a categorização BI-RADS, a classificação radiológica das 7.249 mamografias de rastreamento, em relação ao número de casos, foi a seguinte: categorias 0 (1,43%), 1 (7,82%), 2 (80,76%), 3 (8,35%), 4 (1,46%), 5 (0,15%) e 6 (0,03%). Verificou-se taxa de detecção para câncer mamário de 4,8 casos para cada 1.000 exames realizados. O total de carcinoma ductal in situ foi 22,8%. Foram encontrados valores preditivos positivos para as categorias 3, 4 e 5 de 1,3%, 41,3% e 100%, respectivamente. A sensibilidade do método aferida foi 97,1% e a especificidade, 97,4%. Conclusão A auditoria interna completa do serviço de mamografia retrata a qualidade do serviço, e com isso contribui para a detecção precoce e diminuição da mortalidade relacionada ao câncer mamário. Objective Undertaking of a complete audit of the service of mammography, as recommended by BI-RADS®, in a private reference institution for breast cancer diagnosis in the city of São Paulo, SP, Brazil, and comparison of results with those recommended by the literature. Materials and Methods Retrospective, analytical and cross-sectional study including 8,000 patients submitted to mammography in the period between April 2010 and March 2011, whose results were subjected to an internal audit. The patients were followed-up until December 2012. Results The radiological classification of 7,249 screening mammograms, according to BI-RADS, was the following: category 0 (1.43%), 1 (7.82%), 2 (80.76%), 3 (8.35%), 4 (1.46%), 5 (0.15%) and 6 (0.03%). The breast cancer detection ratio was 4.8 cases per 1,000 mammograms. Ductal carcinoma in situ was found in 22.8% of cases. Positive predictive values for categories 3, 4 and 5 were 1.3%, 41.3% and 100%, respectively. In the present study, the sensitivity of the method was 97.1% and specificity, 97.4%. Conclusion The complete internal audit of a service of mammography is essential to evaluate the quality of such service, which reflects on an early breast cancer detection and reduction of mortality rates.

ASSUNTO(S)

health sciences




Comentários