Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba dicas imperdíveis para seu TCC.

Não gostamos de SPAM assim como você!

Clinical and epidemiological aspects of scorpion stings in the northeast region of Brazil

AUTOR(ES)
FONTE

Ciênc. saúde coletiva

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/03/2014

RESUMO

Os acidentes escorpiônicos constituem um grave problema de saúde pública em países tropicais e subtropicais. Este estudo retrospectivo analisou as notificações dos acidentes escorpiônicos registrados no Sistema de Saúde do município de Campina Grande, no estado da Paraíba, de 2007 a 2012. As informações foram coletadas do banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde. Foram analisadas 2283 fichas de notificação. Os dados revelaram que a maioria dos acidentados é do sexo feminino, com idade entre 20 e 29 anos. Os acidentes foram mais frequentes em área urbana, sendo os pés e as mãos os locais anatômicos do corpo mais atingidos pelas picadas. A soroterapia não foi administrada na maioria dos acidentados e as vítimas prevalentemente recorreram aos sistemas de saúde dentro do período de 1 a 3 horas após o acidente. As manifestações clínicas mais frequentes foram dor, edema e parestesias. A maioria dos acidentes foi classificada como leve, porém foram registrados 7 casos de óbito. A elevada taxa de incidência de acidentes escorpiônicos sugere que esse município pode ser uma área endêmica de escorpiões, justificando a necessidade da elaboração de estratégias de controle e prevenção de acidentes por estes animais.Scorpion stings are a serious public health issue in tropical and subtropical countries. This is a descriptive and retrospective study of the clinical-epidemiological characteristics of scorpion sting cases registered in the Health System in the city of Campina Grande, Paraíba state, from 2007 to 2012. Data was collected from the Injury Notification Information System data banks of the Ministry of Health. A total of 2,283 records, provided by the Third Health Sector of Campina Grande, were analyzed. Data revealed that the majority of the victims are female aged between 20 and 29 years, and the highest incidence of stings was in the urban area. Victims were mostly stung on the feet and hand. Serotherapy was not administered in most cases. The majority of the victims received medical assistance within 1 to 3 hours after the sting. The most prevalent clinical manifestations were pain, edema and paresthesias. Most cases were classified as mild, though seven deaths were reported. The high incidence rate suggests that this town may be an endemic area of scorpion stings, supporting the need to develop strategies to control and prevent scorpion stings.

ASSUNTO(S)

health sciences




Comentários