Characterization and treatment of sisal fiber residues for cement-based composite application

AUTOR(ES)
FONTE

Eng. Agríc.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-10

RESUMO

A fibra de sisal é um importante produto agrícola usado na produção de cordas, tapetes e também como reforço de materiais compósitos poliméricos ou cimentícios. Durante sua produção, no entanto, é gerada uma grande quantidade de resíduos que atualmente tem pequeno potencial de aproveitamento comercial. O objetivo deste trabalho é caracterizar os resíduos agrícolas oriundos da produção e beneficiamento da fibra de sisal, denominados refugo e bucha de campo, e verificar a potencialidade de uso como reforço de argamassa. Os resíduos foram tratados com ciclos molhagem-secagem e avaliados através de ensaio de tração direta, microscopia eletrônica de varredura (MEV) e espectroscopia de infravermelho (FTIR). A compatibilidade com matriz a base de cimento foi avaliada através de ensaio de arrancamento de fibra e ensaio de flexão em compósitos reforçados com 2% de resíduos de sisal. Os resultados indicam que o uso do resíduo tratado permite a produção de compósitos com boas propriedades mecânicas, superiores aos compósitos tradicionais reforçados com fibra natural de sisal.Sisal fiber is an important agricultural product used in the manufacture of ropes, rugs and also as a reinforcement of polymeric or cement-based composites. However, during the fiber production process a large amount of residues is generated which currently have a low potential for commercial use. The aim of this study is to characterize the agricultural residues by the production and improvement of sisal fiber, called field bush and refugo and verify the potentiality of their use in the reinforcement of cement-based composites. The residues were treated with wet-dry cycles and evaluated using tensile testing of fibers, scanning electron microscopy (SEM) and Fourier transform infrared (FTIR) spectroscopy. Compatibility with the cement-based matrix was evaluated through the fiber pull-out test and flexural test in composites reinforced with 2 % of sisal residues. The results indicate that the use of treated residue allows the production of composites with good mechanical properties that are superior to the traditional composites reinforced with natural sisal fibers.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados