Caracterização físico-química do mel de abelhas proveniente da florada do cajueiro

AUTOR(ES)
FONTE

Ciência Rural

DATA DE PUBLICAÇÃO

2008

RESUMO

O presente trabalho teve como objetivos identificar e caracterizar o mel proveniente da florada do cajueiro (Anacardium occidentale L.). O estudo foi realizado a partir de 24 amostras de mel coletadas em apiários distribuídos num cajueiral de aproximadamente 1000 hectares, localizado no município de Cascavel, Estado do Ceará, Brasil. As mesmas foram submetidas a análises melissopalinológicas e físico-químicas (umidade, acidez total, cinzas, açúcares totais, Lund, pH, condutividade elétrica, HMF, atividade de água e densidade). Com base nas análises melissopalinológicas, o mel foi considerado monofloral, proveniente da floradado cajueiro. Os intervalos de variação dos parâmetros físico-químicos analisados foram: 16,5-19,2% (umidade), 22-40meq kg-1 (acidez total), 0,182-0,301% (cinzas), 80,8-83,5% (açúcares totais), 1,0-2,0mL (Lund), 3,48-3,83 (pH), 179-198µS cm-1 (condutividade elétrica), 9,6-30,91mg kg-1 (HMF), 0,62-0,76 (atividade de água) e 1,33-1,43g mL-1 (densidade). As análises mostraram que o mel da florada do cajueiro apresenta características físico-químicas dentro dos padrões estabelecidos pela legislação vigente.

ASSUNTO(S)

mel de abelhas mel de cajueiro denominação de origem

Documentos Relacionados