Brucelose bovina em rebanhos leiteiros do Estado do Rio Grande do Sul / Bovine brucellosis in dairy cattle of the state of the Rio Grande do Sul

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2007

RESUMO

A Brucelose é uma zoonose de ampla distribuição que causa grandes perdas econômicas nas criações animais, bem como risco à saúde pública. Em bovinos leiteiros, as principais manifestações como abortos e baixa produção de leite, contribuem para uma queda na produção de alimentos, além da possibilidade de transmissão através do leite contaminado. Tendo em vista que o método mais preciso de diagnóstico da brucelose é a identificação do agente etiológico, o isolamento bacteriológico assume grande importância. Os objetivos do presente trabalho foram: identificar rebanhos leiteiros com brucelose no estado do Rio Grande do Sul utilizando técnicas imunológicas preconizadas pelo Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose e isolar Brucella sp. dos rebanhos positivos nestes testes. Foram analisadas 476 amostras de soro bovino através do Teste do Antígeno Acidificado Tamponado, sendo detectadas 137 amostras reagentes. Estas foram submetidas à Prova do 2-Mercaptoetanol, na qual foram confirmadas 117 amostras. Foram analisadas 205 amostras de leite através do Teste do Anel em Leite e do isolamento bacteriológico onde foram detectadas 48 positivas e obteve-se 15 isolados de Brucella sp. Os 15 isolados foram caracterizados e confirmados através da Reação em Cadeia da Polimerase, utilizando oligonucleotídeos específicos para o gênero Brucella (gene BCSP31 e IS6501/711). A brucelose ainda faz parte do contexto sanitário de muitas propriedades do Rio Grande do Sul. Além das perdas sanitárias e econômicas, destaca-se a importância do leite na transmissão desta enfermidade para o homem.

ASSUNTO(S)

gado leiteiro zoonose bovino brucelose




Comentários