BIOMARCADORES DE LESÃO NA NEFROPATIA FALCIFORME. / BIOMARKERS OF INJURY IN SICKLE CELL NEPHROPATHY.

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/03/2012

RESUMO

A Anemia Falciforme é uma desordem da hemoglobina de caráter genético, mais comum em todo o mundo, caracterizada pela presença da hemoglobina anormal S. Os fenômenos de vaso-oclusão e anemia característicos da doença causam danos aos tecidos levando à lesão de órgãos, entre eles os rins. Os vários tipos de anormalidades renais ocorrem principalmente na medula renal. Manifestações clínicas de nefropatia falciforme começam cedo, muitas vezes antes de um ano de idade com hiperfiltração glomerular, hipostenúria, acidose tubular renal distal e, ao longo do tempo, aumento de albuminúria. A desidrogenase láctica (DHL) é considerada um marcador útil de hemólise e seus níveis encontram-se bastante elevados na presença de hemólise intravascular, sendo apontada por alguns autores como associadas a várias complicações relacionadas à hemólise, inclusive complicações renais. Com o objetivo de identificar variáveis laboratoriais associadas à lesão renal em portadores de anemia falciforme, foi realizado um estudo transversal em crianças, adolescentes e jovens adultos, atendidos no ambulatório de hematologia do HU-UFS, no período de outubro de 2010 a junho de 2011. Exames laboratoriais foram realizados em 124 pacientes com anemia falciforme, idade média de 13,3 + 6,4 anos (2 a 32 anos), 56,5 % do sexo masculino. Observou-se uma frequência de microalbuminúria e proteinúria de 19,4 % e 18,5 % respectivamente. A frequência de hiperfiltração glomerular foi de 63,7 %. Elevação de DHL ocorreu em 95 % dos pacientes e correlacionou-se positivamente com a microalbuminúria, com a contagem de reticulócitos e inversamente com taxas médias de hemoglobina. Apesar de a análise univariada revelar uma correlação positiva significativa entre os níveis de DHL e microalbuminúria, estes valores não foram significativamente diferentes entre os pacientes com ou sem de microalbuminúria, sugerindo que a associação com lesão renal não é específica, uma vez que houve também associação com marcadores de hemólise. Conclui-se que, níveis de DHL apresentam variabilidade de forma independente da microalbuminúria, pois níveis de DHL não foram capazes de discriminar pacientes com ou sem microalbuminúria.

ASSUNTO(S)

albuminúria anemia falciforme lactato desidrogenase ciencias da saude albuminuria lactate dehydrogenase sickle cell anemia

Documentos Relacionados