Avaliação postural, dor e aptidão física de praticantes de hidroginástica

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. dor

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2013

RESUMO

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hidroginástica pode ser praticada por indivíduos de diversas faixas etárias, pois proporciona baixo impacto, sendo uma alternativa para melhorar a qualidade de vida e a saúde de indivíduos que estão impossibilitados de realizar atividades de impacto. Desse modo, o objetivo deste estudo foi analisar os efeitos de 12 semanas de prática de hidroginástica sobre a percepção subjetiva da dor e sua influência nas atividades da vida diária, verificar a postura e a aptidão física de praticantes de hidroginástica. MÉTODO: Participaram da pesquisa 20 mulheres, com idade entre 30 e 50 anos. As mesmas passaram por uma avaliação inicial para mensurar a flexibilidade e resistência muscular localizada. Também foram feitas mensurações antropométricas, como massa corporal, estatura, circunferência da cintura e do quadril, para estimar o índice de massa corpórea (IMC) e a relação cintura quadril (RCQ). Além disso, responderam dois questionários para avaliar a dor. Após 12 semanas do pré-teste, realizou-se a avaliação final. RESULTADOS: Encontrou-se diferença estatística significante na circunferência da cintura e na RCQ, houve diminuição da sensação subjetiva da dor nos locais face e pé esquerdo. As dores passaram a interferir menos na realização de atividades gerais, no humor e no sono. Em relação à postura, não houve modificações entre o início e o final do estudo. CONCLUSÃO: A hidroginástica, num período de 12 semanas, foi eficaz na melhoria de alguns itens da aptidão física e na diminuição da dor, porém, não em relação à postura de mulheres que já praticam essa modalidade.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Hydrogymnastics may be practiced by people of different ages because it provides low impact, being an alternative to improve quality of life and health of people unable to practice impact activities. This study aimed at analyzing the effects of 12 weeks of hydrogymnastics on subjective pain perception and their influence on daily life activities, in addition to evaluating posture and fitness of hydrogymnastics practitioners. METHOD: Participated in this study 20 females aged from 30 to 50 years who went through a baseline evaluation to measure flexibility and localized muscle resistance. Anthropometric measures were body mass, height, waist and hip circumference to estimate body mass index (BMI) and waist / hip ratio (WHR). In addition, they have answered two questionnaires to evaluate pain. Twelve weeks after the pre-test, final evaluation was performed. RESULTS: There has been statistical difference in waist circumference and WHR, in addition to decreased subjective pain sensation on face and left foot. Pain started to interfere less with general activities, mood and sleep. With regard to posture, there has been no change between the beginning and the end of the study. CONCLUSION: Hydrogymnastics for 12 weeks was effective to improve some fitness items and to decrease pain; however it has not changed posture of females practicing such modality.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados