Avaliação do risco de extinção das Urticineae das restingas do estado do Rio de Janeiro

AUTOR(ES)
FONTE

Rodriguésia

DATA DE PUBLICAÇÃO

28/02/2014

RESUMO

Foram realizados o georreferenciamento e as análises de avaliação de risco de extinção seguindo os critérios e categorias da IUCN para 32 espécies de Urticineae (Cannabaceae, Ulmaceae, Urticaceae e Moraceae) ocorrentes nas restingas do estado do Rio de Janeiro. Materiais correspondentes a essas espécies foram examinados nos principais herbários brasileiros, sendo selecionados 2524 registros para a avaliação. Dentre as 32 espécies, Ampelocera glabra, Celtis spinosa, Ficus cyclophylla, F.nevesiae, Maclura brasiliensis e Phyllostylon brasiliense encontraram-se ameaçadas de extinção, já Brosimum guianense, Dorstenia arifolia, Ficus castellviana, F.pulchella, Sorocea guilleminiana e S. hilarii deixaram de ser consideradas ameaçadas de extinção pelo recente estudo. Os resultados apontaram, como localidades de importância conservacionista, os municípios de Armação de Búzios, Cabo Frio, Rio de Janeiro e Saquarema.This paper conducted georeferencing and analyzes of extinction risk assessments following the criteria and categories from IUCN for 32 species of Urticineae (Cannabaceae, Ulmaceae, Moraceae and Urticaceae) occurring in the sandy coastal plains of the state of Rio de Janeiro. Materials corresponding to these species were examined in major Brazilian herbaria and 2524 records were selected for evaluation. Among the 32 species, Ampelocera glabra, Celtis spinosa, Ficus cyclophylla, F.nevesiae, Maclura brasiliensis and Phyllostylon brasiliense fall into endangered category, and Brosimum guianense, Dorstenia arifolia, Ficus castellviana, F.pulchella, Sorocea guilleminiana and S. hilarii were not considered threatened. The locations of conservation importance belong to the municipalities of Armação de Búzios, Cabo Frio, Rio de Janeiro and Saquarema.

ASSUNTO(S)

biological sciences

Documentos Relacionados