Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba dicas imperdíveis para seu TCC.

Não gostamos de SPAM assim como você!

Avaliação do perfil de armazenamento e descontaminação das escovas dentais

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. odontol. UNESP

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/03/2013

RESUMO

INTRODUÇÃO: A escova dental é um instrumento de higiene bucal eficiente na prevenção de doenças; no entanto, também é um meio favorável a proliferação e disseminação de microrganismos. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi avaliar quais os cuidados relativos ao armazenamento e à descontaminação das escovas dentais, realizados por famílias assistidas por um projeto de extensão universitária. METODOLOGIA: A metodologia consistiu na realização de um estudo observacional, por meio da aplicação de um formulário específico. RESULTADO: Das 88 pessoas entrevistadas, constatou-se que 71,6% lavavam toda a escova com água corrente e 10,2% passavam os dedos nas cerdas para retirar o excesso de água. Quanto ao armazenamento das escovas, 37,5% guardavam dentro do armário do banheiro, enquanto 28,4% armazenavam todas juntas, em cima da pia. Com relação à transmissibilidade, 88,6% sabiam que as escovas podiam ser um meio de transmissão de doenças; porém, 40,9% não sabiam como ocorreria tal transmissão. Sobre a desinfecção de escovas dentais, 71,6% nunca tinham ouvido falar e 77,3% não utilizavam nenhuma solução desinfetante. CONCLUSÃO: Observou-se que a maioria das famílias não está realizando os procedimentos necessários para manter suas escovas livres de contaminação.INTRODUCTION: Toothbrush is an oral hygiene instrument efficient prevention of disease, however, it is suitable in the proliferation and spread of microorganisms. OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate which cares for storage and descontamination of toothbrushes, held by families assisted by a university extension project. METHODOLOGY: The methodology consisted of an observational study, through the application of a specific form. RESULT: Of the 88 people interviewed, 71.6% washed all the brush under running water and 10.2% ran his fingers on the bristles to remove excess water. As for the storage of brushes, 37.5% kept inside the bathroom cabinet, while 28.4% holding it all together over the sink. With respect to the transfer, 88.6% knew that the toothbrushes could be a means of transmission of disease, but 40.9% did not know how it made transmission. About disinfecting toothbrushes, 71.6% have never heard of and 77.3% did not use any disinfectant solution. CONCLUSION: Found that most families are not performing the procedures necessary to keep your brushes free of contamination.

ASSUNTO(S)

health sciences




Comentários