Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba dicas imperdíveis para seu TCC.

Não gostamos de SPAM assim como você!

Avaliação das Farinhas de Peixe e Pena, no Confinamento de Bezerros Leiteiros Desmamados, Através de Dietas Calculadas em Termos de Proteína Bruta ou de Proteína Metabolizável

AUTOR(ES)
FONTE

Revista Brasileira de Zootecnia

DATA DE PUBLICAÇÃO

2002

RESUMO

Os objetivos deste trabalho foram avaliar três fontes protéicas - o farelo de soja e as farinhas de peixe e de pena - e dois métodos de cálculo de rações - o calculado em termos de proteína bruta (PB), segundo recomendações do NRC (1988), e o proposto pelo AFRC (1993), calculado em termos de proteína metabolizável (PM) - através do desempenho de bezerros leiteiros. Os animais foram confinados e submetidos a cinco dietas, que variavam apenas as fontes protéicas em sua composição, assim discriminadas: FS- Farelo de Soja, FPx- Farinha de Peixe, FPn- Farinha de Pena, FPxU- Farinha de Peixe e Uréia, e FPnU- Farinha de Pena e Uréia. Forneceu-se uma dieta completa, composta de 40% de silagem de sorgo e 60% de concentrado, na MS. Todos os tratamentos possuíam cerca de 2,56 Mcal/kg MS de energia metabolizável, sendo os tratamentos FS, FPx e FPn calculados pelo sistema de PB, possuindo 18% de PB, e os tratamentos FPxU e FPnU, calculados pelo sistema de PM, possuindo 16,3% de PB e uma mesma quantidade de proteína metabolizável que o tratamento FS, com 112,0 gramas de PM/dia. Individualmente, os tratamentos não apresentaram diferenças significativas (P>0,05) no peso vivo final, no ganho de peso diário e no consumo de matéria seca, havendo diferenças apenas na conversão alimentar. A melhor conversão alimentar ocorreu no tratamento FPx, e a pior, no tratamento FPnU. Concluiu-se que o método de cálculo utilizando PM proporcionou resultados semelhantes aos do método de PB. Os tratamentos com farinha de peixe proporcionaram maiores ganhos de peso, menores consumos e melhor conversão alimentar que os tratamentos com farinha de pena, permanecendo o tratamento farelo de soja com o ganho de peso intermediário.

ASSUNTO(S)

afrc desempenho terneiros




Comentários