ATIVIDADE ANTIFÚNGICA IN VITRO DO ÓLEO ESSENCIAL DE Melissa officinalis L. (ERVA-CIDREIRA) SOBRE Cladosporium carrionii / Antifungal activity in vitro of the essential oil of Melissa officinalis L. (lemongrass) on Cladosporium carrionii.

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

19/11/2012

RESUMO

O gênero Cladosporium abrange muitas espécies de fungos contaminantes e oportunistas dematiáceos, sendo encontrados em diversos ambientes. Cladosporium carrionii é considerada a espécie patogênica mais importante desse gênero, devido aos inúmeros casos de doenças causadas por este fungo em todo o mundo, sendo agente da cromoblastomicose, feo-hifomicoses e quadros alérgicos. O aumento da resistência aos antifúngicos disponíveis e a sua toxicidade levam a busca por novos antifúngicos, mais eficazes e menos tóxicos. Neste contexto, este estudo teve como objetivo identificar os componentes do óleo essencial de Melissa officinalis L. e investigar sua atividade antifúngica, in vitro, sobre cepas de Cladosporium carrionii. A análise da composição química do óleo foi realizada por cromatografia a gás acoplada ao espectrômetro de massas (CG-EM). Os ensaios da atividade antifúngica foram realizados por meio da triagem microbiológica pela técnica de difusão em meio sólido; determinação da concentração inibitória mínima (CIM) pela técnica de microdiluição; concentração fungicida mínima (CFM); medida do crescimento radial em diferentes intervalos de tempo; inibição da germinação de conídios e avaliação das alterações morfológicas na presença do óleo essencial. Os resultados da CG-EM mostraram 4 componentes principais, sendo o geranial (52 %) o constituinte majoritário, seguido do citral (38,90 %), trans β-cariofileno (1,22 %) e germacrene D (0,84 %), em ordem decrescente de percentual. Nos ensaios de atividade antifúngica, o óleo essencial de M. officinalis inibiu o crescimento de 100 % das cepas de C. carrionii ensaiadas, tendo sua CIM e CFM estabelecidas em 256 μg/mL, sendo considerado um produto com forte atividade antifúngica. Foi capaz de induzir inibição do crescimento micelial radial a partir da concentração de 128 μg/mL (CIM/2), e nas concentrações CIMX2 e CIMX4, houve inibição total deste crescimento. Também foi observada inibição significante da germinação de conídios, em todas as concentrações testadas, quando comparados ao controle (p<0,05), sendo estas inibições potencializadas com o aumento da concentração, de modo que na concentração CIMX2 houve inibição de 100% da germinação dos conídios contados. Além disso, alterações morfológicas como diminuição da conidiação e alterações estruturais nas hifas foram observadas nas cepas ensaiadas, após a exposição ao óleo nas concentrações CIM/2, CIM e CIMX2. Diante do exposto, conclui-se que o óleo essencial de M. officinalis apresenta importante atividade antifúngica contra cepas de C. carrionii, representando uma nova possibilidade no arsenal de produtos para terapêutica das micoses causadas por Cladosporium carrionii.

ASSUNTO(S)

lamiaceae dematiaceous fungi Óleo essencial melissa officinalis fungos dematiáceos cladosporium carrionii farmacologia lamiaceae melissa officinalis cladosporium carrionii essential oil

Documentos Relacionados