Assimetria de informação e sinalização na cadeia da carne bovina

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2011

RESUMO

A presente pesquisa tem como objetivo identificar e analisar os principais Mecanismos de Sinalização utilizados na cadeia da carne bovina brasileira, bem como, verificar o grau de ocorrências dessas sinalizações pela Ciência, pelo Governo e pela Mídia, por meio de processos de mineração de textos e descoberta do conhecimento. Embasando-se na Economia da Informação como teoria-chave dessa análise e concentrando-se nas teorias da Assimetria de Informação, Seleção Adversa e Sinalização e, também, da revisão das interações entre Ciência, Mídia e Governo, foram definidas cinco dimensões, sob as quais os sinais sobre a carne bovina são enquadrados: Econômica, Comunicação e Marketing, Qualidade, Institucional e Sistema de Produção. Para análise, foram coletados documentos textuais em formato eletrônico ao longo de cinco anos. A busca dos documentos deu-se em bases de dados de publicações científicas, em portais do Governo e em arquivos dos jornais e magazines disponíveis na rede mundial de computadores , a partir de palavras-chave relacionadas à cadeia da carne bovina. Foram selecionados 4.281 artigos científicos para compor a base de dados da Ciência, 730 documentos para a base de dados do Governo e 5.439 documentos na base de dados da Mídia, totalizando 10.450 documentos selecionados. Esses documentos foram armazenados e classificados no software QDA Miner segundo as variáveis fonte (Ciência, Governo e Mídia) e ano (2005, 2006, 2007, 2008 e 2009). Para extrair o conhecimento das bases textuais, foi elaborada uma estrutura de análise constituída pelas dimensões, códigos (sinais) e palavras -chave. Na sequência foram analisados e codificados os documentos com os respectivos sinalizadores. Aplicando-se a estrutura de análise do software, foram utilizadas representações gráficas elaboradas a partir da frequência relativa das ocorrências de cada código nas três fontes de informação. De acordo com os resultados apresentados foi possível verificar que os termos e dimensões utilizados pela Ciência, Governo e Mídia diferem nas frequências em praticamente todos os códigos , demonstrando pouca sinergia entre as fontes de informação . No decorrer do período analisado, percebeuse maior oscilação na frequência das publicações que incluíam os sinais Sanidade e Sustentabilidade, os quais foram mais enfatizados nos últimos anos da presente análise. Os códigos Certificação e Rastreabilidade que pareciam ter maior destaque para fornecer informações sobre aspectos ligados à carne bovina brasileira, de acordo com estudos existentes, não são os mais emitidos, de acordo com esta pesquisa. A maior identidade da Ciência ao longo do período de anál ise foi para a Dimensão Sistema de Produção, demonstrando que as publicações científicas possuem um caráter mais voltado à melhoria da produção em si, como alimentação, genética, reprodução, idade de abate, dentre outros. Em relação ao Governo, observou-se maior identidade dessa fonte de informação para a Dimensão Institucional, com exceção do ano de 2007, onde se percebe maior es ênfases das publicações do Governo nas Dimensões Qualidade e Sistema de Produção . Já em relação ao que se observa na Mídia, há maior interesse em publicações nas Dimensões Qualidade e Sistema de Produção. Ao analisar os resultados entre as três fontes de informação, verifica-se maior proximidade entre o que se observa na Mídia e no Governo, visto a predominância da Dimensão Sistema de Produção na Ciência. Analisando comparativamente as fontes de informação foi possível observar que o maior grau de similaridade entre os códigos foi observad o nos documentos publicados pelo Governo. Embora os códigos adotados para sinalizar informações sobre a cadeia da carne bovina sejam os mesmos, enquadrados igualmente em cinco Dimensões, determinados sinalizadores são utilizados com maior destaque, similaridades e agrupamentos de códigos e, de acordo com as peculiaridades de cada fonte de informação investigada (Ciência, Governo e Mídia).

ASSUNTO(S)

agronegócio information text mining cadeia produtiva : carne informação information asymmetry signaling economia da informação beef




Comentários