Arbuscular mycorrhizal fungi within agroforestry and traditional land use systems in semi-arid Northeast Brazil

AUTOR(ES)
FONTE

Acta Sci., Agron.

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/08/2013

RESUMO

A diversidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMA) pode ser um fator crucial para aumentar a produtividade e diversidade de plantas nos ecossistemas, e em contrapartida, as plantas também influenciam fortemente a ocorrência desses fungos. Foi avaliada a relação entre diferentes sistemas de uso da terra e as comunidades de FMA na região semi-árida do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil. O experimento foi conduzido em esquema de parcelas subdividas em blocos casualizados, com quatro repetições. A presença ou ausência de árvores (gliricídia e maniçoba) foram parcelas principais e três sistemas de uso da terra foram as subparcelas: 1) cultivo tradicional de milho + feijão; 2) pastagem de capim buffel e 3) cultivo de palma forrageira. A presença das árvores aumentou a colonização micorrízica, esporulação e produção de propágulos de FMA em todos os três sistemas de uso da terra. Houve maior produção de proteínas do solo relacionadas à glomalina pelos FMA em parcelas com o cultivo de palma forrageira, independentemente da presença das árvores. Espécies de FMA pertencentes ao gênero Glomus predominaram independentemente da presença das árvores, do sistema de uso da terra e do período de amostragem do solo.The diversity of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) can be a critical factor in enhancing both the productivity and the diversity of plants in ecosystems, and the plants in the ecosystem also strongly influence the occurrence of these fungi. The relationships between different land use systems and AMF communities in the semi-arid region of the State of Paraíba, NE Brazil were evaluated. The experiment followed a split-plot randomized block design, with four replicates. The main plots were defined by the presence or absence of trees (gliricidia and maniçoba), while the split plots were defined by three land use systems: 1) traditional cropping of maize + beans, 2) buffel grass pasture, and 3) prickly pear forage crop. The presence of trees increased sporulation, mycorrhizal colonization and the production of infective propagules of AMF in all three land use systems. Greater production of glomalin-related soil protein (GRSP) occurred in the prickly pear plots regardless of the presence or absence of trees. Species belonging to the Glomus genus predominated regardless of the presence of trees, land use systemor soil sampling period.

ASSUNTO(S)

agricultural sciences

Documentos Relacionados