Análise do ciclo de vida energético de projeto de habitação de interesse social concebido em light steel framing

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

08/03/2012

RESUMO

A indústria de construção civil no Brasil possui grande importância tanto social quanto econômica, porém é geradora de mais de 50% dos resíduos sólidos urbanos e consumidora de grande quantidade de matéria-prima, energia e água. Desta forma o setor é estratégico sob o ponto de vista ambiental uma vez que pequenas mudanças em seus processos ocasionam a redução dos impactos ambientais. Para suprir o déficit habitacional atual, vários sistemas construtivos estão sendo empregados no país, dentre os quais, o Light Steel Framing (LSF), que consiste em um sistema construtivo racional, industrializado e com melhor produtividade. O objetivo deste trabalho consistiu na simulação da quantidade de energia embutida inicial (EEi) de um projeto padrão voltado à habitação de interesse social utilizando o LSF como sistema construtivo, aplicando-se os conceitos de Análise de Ciclo de Vida Energético (ACVE). Para atingir este objetivo se realizou inicialmente a revisão bibliográfica sobre sustentabilidade, sistema construtivo LSF e ACVE. Na sequência fez-se a adaptação de um projeto para habitação de interesse social concebido em alvenaria estrutural para o LSF. A partir das especificações dos materiais e componentes, dos seus respectivos valores de EEi e dos quantitativos realizou-se a simulação da quantidade de EEi considerando 3 situações: projeto concebido em alvenaria estrutural de blocos de concreto, alvenaria estrutural de blocos cerâmicos e LSF. Comparando-se os resultados das três simulações realizadas, concluiu-se que o projeto concebido em alvenaria estrutural de blocos cerâmicos foi o que apresentou menor valor de EEi absoluto em relação aos demais sistemas simulados (117,6 GJ e 3,0 GJ/m), tendo-se o LSF apresentado um valor intermediário (154,3 GJ e 3,9 GJ/m), porém bem próximo ao da alvenaria de blocos cerâmicos, enquanto que o concebido em alvenaria de blocos de concreto apresentou maior valor (262,0 GJ e 6,6 GJ/m), muito em função do elevado valor de EEi adotado para o concreto. Ressalta-se que tais resultados não devem ser extrapolados uma vez que foram utilizados valores de EE para os materiais e componentes aplicados nestes sistemas construtivos referenciados em literatura internacional, o que indica a necessidade de se construir uma base de dados nacional a respeito.

ASSUNTO(S)

construção civil sustentabilidade sistemas construtivos análise de ciclo de vida energia embutida light steel framing engenharia civil life cycle analysis embodied energy light steel framing sustainability

Documentos Relacionados