Análise da Desertificação no Município de Canindé Ceará Brasil. / Analyse de la désertification dans la ville de Canindé - Ceará - Brésil.

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

13/08/2010

RESUMO

Esta pesquisa trata da avaliação dos níveis de degradação ambiental/desertificação no município de Canindé, situado no sertão do estado do Ceará, Brasil. O referido município apresenta mosaico de diversos sistemas ambientais, resultantes da evolução natural das paisagens em regiões semiáridas e com arranjos espaciais e dinâmicas ecológicas próprias, tendo sido modificados ao longo do tempo pelas atividades predatórias das diversas sociedades que a ocuparam, desde os primitivos paiacús (jenipapos e kanindés), colonizadores portugueses, até a sociedade atual, atividades estas que desencadearam os processos erosivos verificados. A mensuração da degradação ambiental/desertificação nos diversos sistemas foi realizada através do resgate histórico do uso e ocupação da terra, avaliação das atividades produtivas atuais e suas participações na economia municipal, representação das unidades ambientais com base numa visão sistêmica e holística, integrando os componentes bióticos e abióticos do meio, análise ecodinâmica da evolução destas unidades, identificação dos sinais de degradação ambiental através da classificação supervisionada de imagem TM-Landsat 5, complementada por visitas de campo que possibilitaram apontar, via registro fotográfico e geodésico, diminutas células desestabilizadas nos tecidos epidérmicos (coberturas vegetais e solos) que não puderam ser individualizadas na imagem TM por questão de escala. Os sistemas ambientais que apresentaram os mais elevados níveis de degradação/desertificação foram os sertões pedimentados e os sertões pediplanados, historicamente ocupados pelo binômio gado-algodão e culturas de subsistência, explorando solos rasos e pedregosos, colonizados por caatingas esparsas, em relevo suave ondulado a ondulado, sob regime de semiaridez severa, apesar dos sinais de desestabilização ecológica terem sido verificados em todos os sistemas, com níveis diversos. Conclui-se que as atividades humanas foram responsáveis pela aceleração ou desencadeamento dos processos erosivos nos sistemas ambientais estudados.

ASSUNTO(S)

sensoriamento remoto sistemas ambientais análise ambiental degradação ambiental/desertificação geografia systèmes environnementaux télédétection

Documentos Relacionados