Documento


A qualidade conjugal e os estilos educativos parentais

AUTOR(ES)
DATA DE PUBLICAÇÃO

2007

RESUMO

Esta Tese de Doutorado investiga a relação entre a qualidade do relacionamento conjugal e os estilos educativos parentais. O trabalho é apresentado na forma de artigos, sendo um artigo de revisão crítica da literatura e dois artigos empíricos, preparados para serem encaminhados para periódico científico. O primeiro artigo apresenta uma revisão teórica da literatura na área da qualidade conjugal. Este artigo buscou definir o conceito de qualidade conjugal e para tanto analisou-se sete teorias que influenciaram as pesquisas sobre o tema de forma considerável. Através desta análise identificou-se três grupos de variáveis consideradas como fundamentais na definição da qualidade conjugal: os recursos pessoais dos cônjuges, o contexto em que está inserido o casal e os processos adaptativos. Desta forma, identificou - se que a qualidade conjugal é resultado de um processo dinâmico do casal e por esse motivo é conceito multidimensional. O segundo artigo teve como objetivo analisar como se associam as variáveis da conjugalidade: adaptabilidade, coesão, satisfação e conflito conjugal e as dimensões da parentalidade que compõe os estilos educativos parentais: responsividade e exigência. Para tanto foi proposto um modelo conceitual correlacional entre a conjugalidade e a parentalidade, o qual foi testado através de uma análise de correlação. Para realizar este estudo foi utilizada uma amostra de 149 casais com, no mínimo, um filho adolescente, residentes na capital e no interior do estado do Rio Grande do Sul. Foi utilizado um questionários composto de quatro escalas. Os resultados sustentam o modelo inicialmente proposto, quase que em sua totalidade, e as relações entre as variáveis mostraram-se nas direções esperadas. Esses achados nos indicaram a relevância da relação sistêmica e interativa entre a conjugalidade e a parentalidade. O terceiro artigo buscou identificar um perfil dos casais apresentados no artigo dois no que se refere à relação entre a qualidade conjugal e os estilos educativos parentais. Para tanto, realizou-se uma análise discriminante que visou analisar como as dimensões da qualidade conjugal, adaptabilidade, coesão, satisfação e conflito conjugal se expressam nos estilos educativos parentais. Os resultados mostraram, através dos perfis desses casais, que as dimensões da qualidade conjugal se expressam de forma evidente nas dimensões responsividade e exigência, que compõe os estilos educativos parentais. De forma geral, entre os principais resultados desta tese estão a comprovação da importância da qualidade conjugal na relação pais e filhos; o caráter dinâmico, interativo e bidirecional da relação entre a conjugalidade e a parentalidade; a evidência da expressão das características pessoais dos cônjuges tanto na conjugalidade quanto na parentalidade; e a necessidade de promoção de intervenções com casais no sentido de enriquecer suas habilidades pessoais e parentais.

ASSUNTO(S)

pais e filhos psicologia relaÇÕes familiares casamento (psicologia) famÍlia - psicologia




Comentários