Faça uma monografia perfeita!

Faça parte da nossa lista exclusiva de acadêmicos e receba dicas imperdíveis para seu TCC.

Não gostamos de SPAM assim como você!

A produção científica em gestão de operações no Brasil: uma análise de temas, autores e instituições de pesquisa no período entre 2001 e 2010

AUTOR(ES)
FONTE

RAM, Rev. Adm. Mackenzie

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-10

RESUMO

Este artigo analisou a produção científica em gestão de operações no Brasil, procurando identificar as temáticas de maior interesse dos pesquisadores e os grupos de pesquisa mais atuantes a partir de uma amostra de 3.224 artigos publicados em 13 periódicos científicos nacionais, no período de 2001 a 2010. Além da classificação dos artigos conforme suas categorias temáticas, também se identificou a origem dos autores, que foram separados em função da área de atuação (Administração ou Engenharia de Produção) e da instituição de afiliação. De maneira geral, 18,4% de todos os 3.224 artigos publicados nas revistas analisadas se enquadram como pertinentes à área de Gestão de Operações. Os resultados apontam sensível diferença entre os percentuais referentes a revistas com origem na área de Administração, que variaram de 1,7% a 10,9%, e os relacionados às revistas com origem na área da Engenharia de Produção, cujos percentuais variaram de 57,8% a 62,4%. O tema mais abordado de Gestão de Operações foi logística e cadeia de suprimentos, com aproximadamente 20% dos trabalhos publicados. Esse tema tem merecido mais destaque nas revistas de Administração, com 35% do total de trabalhos publicados, do que nas revistas de Engenharia de Produção, em que totaliza 14% dos trabalhos publicados. Os temas operações de serviços e gestão de projetos/ desenvolvimento de produtos ocupam praticamente juntos a mesma posição, em segundo lugar entre os temas de maior interesse, tanto nas revistas de Administração como nas de Engenharia de Produção. Percebe-se também que os assuntos relacionados ao tema ergonomia e organização do trabalho são pouco abordados pelas revistas de Administração, com uma média de 2% dos trabalhos publicados. No entanto, representam 8% dos trabalhos publicados nas revistas de Engenharia de Produção. Acredita-se que a pesquisa tenha sido útil, dentre outros motivos, para que os pesquisadores consigam compreender melhor o espaço editorial que está disponível para a publicação dos seus achados de pesquisa, independentemente de terem sua origem na Administração ou na Engenharia de Produção.This article examined the scientific literature in operations management in Brazil, seeking to identify the themes of greatest interest of researchers and the most active research groups from a sample of 3,224 articles published in 13 national scientific journals the period from 2001 to 2010. In addition to the classification of articles according to their thematic categories also identified the origin of the authors, who were separated according to the area of expertise (management or production engineering) and the institution of affiliation. In general, 18.4% of all articles published in the magazines 3,224 analyzed fall as relevant to the area of operations. The results show sensitive difference between the percentages relating to magazines with origin in administration area, which ranged from 1.7% to 10.9%, and those related to magazines with origin in the field of production engineering, whose percentages ranged from 57.8% to 62.4%. The theme addressed was Logistics Operations management and supply chain, with approximately 20% of the published works. This theme has deserved more prominence in the magazines of administration, with 35% of the total number of papers published, than in production engineering magazines in which totals 14% of published works. The themes service operations and project management/ product development occupy virtually together, the same position, and secondly between the themes of greatest interest, both in magazines and on the administration of production engineering. Notice also that the issues related to the topic and work organization, Ergonomics are barely covered by the magazines, with an average of 2% of the works published. On the other hand, represents 8% of the papers published in the magazines of production engineering. It is believed that the research has been useful so that the researchers can better understand the editorial space that is available for the publication of their research findings, regardless of whether they have their origin in Administration or in production engineering.

ASSUNTO(S)

applied social sciences




Comentários