A importância da cinesioterapia na melhora da qualidade de vida dos idosos

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

17/06/2011

RESUMO

O aumento considerável da população idosa tem sido foco de estudos e pesquisas, em todo o mundo, a fim de conhecermos melhor esta etapa da vida e como trata-la com mais eficácia. A fisioterapia pode lançar mão de muitas técnicas entre elas a cinesioterapia.Esta pesquisa teve como objetivo principal avaliar a eficácia da cinesioterapia na melhora da funcionalidade dos idosos. Este trabalho avaliou cinqüenta idosos, com questionário de avaliação sócio econômica, WHOQOL-bref, e Escala de Depressão Geriátrica (GDS), após esta entrevista os idosos realizaram cinesioterapia, durante 45 minutos, três vezes por semana, num período de três meses. Após foram reavaliados com os mesmos questionários, a fim de verificar se houve melhora na qualidade de vida desta população estudada.Verificou-se estatisticamente que houve melhora na independência, nas atividades de vida diária, aumento de força, flexibilidade, e atenuação dos sintomas depressivos. Causando nesses idosos melhora da qualidade de vida, independência, sensação de bem-estar emocional evitando o isolamento que levam a confinamento e exclusão da vida social do idoso.Considera-se que outras pesquisas nesta área possam ser realizadas a fim constatar que a fisioterapia e seus recursos podem atuar na melhora da funcionalidade dos idosos e melhora de seu estado geral, causando nesta população boa qualidade de vida ao envelhecer.

ASSUNTO(S)

medicina saÚde do idoso envelhecimento fisioterapia qualidade de vida medicina geriatria cinesiologia aplicada gerontologia biomÉdica depressÃo idosos

Documentos Relacionados