A geração de sedimentos e seus reflexos no assoreamento da PCH Piedade - Monte Alegre de Minas MG

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

09/07/2012

RESUMO

As Pequenas Centrais Hidrelétricas tem se mostrado uma alternativa na contribuição para geração de energia no Brasil. Apesar de tratar-se de uma obra de menor porte em relação às grandes Usinas Hidrelétricas, os reservatórios das PCHs, bem como seu entorno, requerem um cuidado quanto às questões da preservação ambiental. Nesse sentido, o objetivo desse trabalho foi avaliar o potencial de geração de sedimentos na área de contribuição do reservatório da PCH Piedade por meio da identificação, mapeamento, classificação e análise dos fatores que interferem nesse processo; e da coleta, mensuração e verificação de seus reflexos no assoreamento da represa. Para atingir os objetivos foram produzidos, analisados e relacionados mapas que abordaram os fatores que interferem na erosão laminar como a morfopedologia, declividade, uso e ocupação da terra. A partir dessas informações foram apontadas as diferentes classes de suscetibilidade e potencialidade à erosão laminar. A morfometria da área de estudo também foi analisada abordando a densidade de drenagem como fator que determina a transmissibilidade do terreno. Por fim foi elaborado o mapa que apontou as áreas com maior potencial geração de sedimentos que podem contribuir para o assoreamento do reservatório da PCH Piedade. O mapa final apontou predominância de baixo potencial ao assoreamento, no entanto, as áreas que apresentam maior potencialidade de geração de sedimentos, localizam-se em áreas no entorno do reservatório, o que demanda cuidados. Em consonância com a elaboração do material cartográfico foram obtidos dados do transporte e deposição de sedimentos no reservatório da PCH Piedade, durante um ciclo hidrológico por meio de campanhas batimétricas, amostragem de sedimentos em suspensão e de fundo. A análise desses dados revelou a predominância da descarga de sedimentos preponderante na estação chuvosa, e dos sólidos dissolvidos na estação seca. A coleta de sedimentos de fundo demonstrou mudanças entre as proporções granulométricas. A batimetria não apontou significativas alterações no relevo no fundo do lago. Diante dos resultados obtidos procurou-se contribuir um melhor uso dos recursos naturais, viabilizando o aumento da vida útil do reservatório.

ASSUNTO(S)

potencial assoreamento assoreamento geografia sedimentos fluviais monte alegre de minas (mg) sediment sheet erosion map siltation potential siltation sedimento erosão laminar mapa

Documentos Relacionados