A descrição skinneriana de ensino em livros de psicologia direcionados à formação de professores e critérios para sua produção e publicação / The skinnerian description to teaching in psychology books directed to teachers‟ formation, and criteria for producing and publishing those books

AUTOR(ES)
FONTE

IBICT

DATA DE PUBLICAÇÃO

10/05/2012

RESUMO

O presente trabalho realizou dois estudos. O Estudo 1 teve como objetivo investigar livros didáticos de psicologia dirigidos a professores. Buscou-se analisar se a proposta de ensino do behaviorismo radical foi precisamente descrita nos livros e que material bibliográfico de analistas do comportamento foi utilizado como suporte para as descrições de ensino. Foram analisados três livros. Buscou-se em cada livro informações com base em três fontes: referências às obras de Skinner, referências às obras de outros analistas do comportamento e textos descritivos da abordagem sobre o ensino. Analisaram-se todos os tipos de referência - citações diretas e/ou indiretas e/ou bibliografia ao final do texto. Constatou-se que os três livros utilizaram, pelo menos, uma referência a obras de analistas do comportamento. Quando ocorreu maior número de referências de analistas do comportamento, também houve uma descrição teórico-conceitual mais fundamentada e atualizada sobre a abordagem. Dois livros utilizaram número reduzido de referências, comparativamente ao número de referências utilizadas na descrição de outras abordagens, indicando pouca familiaridade com a publicação de analistas do comportamento. A análise da descrição da abordagem considerou cinco dimensões sobre a visão skinneriana de ensino (o que é ensinar, o papel do professor, como ensinar, o que ensinar e para que ensinar) e críticas sobre a abordagem. Constatou-se que ser especialista na abordagem produziu descrições mais completas e inter relação entre os diferentes aspectos abordados. O Estudo 2 foi proposto para identificar critérios para publicação de livros e compreender as razões de imprecisões. Para a identificação dos critérios, este Estudo baseou-se: na literatura, nos critérios de avaliação de programas de pós-graduação, em entrevistas realizadas com diferentes profissionais envolvidos na editoração de livros e com os envolvidos na autoria dos livros analisados no Estudo 1. Foi possível sistematizar oito critérios de avaliação de livros didáticos: obra como produto de programas de pós-graduação; o livro como um produto da interinstitucionalidade; a avaliação por pares; o compromisso do autor - pesquisador com a discussão e a reformulação solicitada no parecer; a potencialidade de impacto; novidade da publicação sobre o tema; a precisão conceitual; aplicabilidade dos conceitos (abordagem) na situação de ensino. Considerou-se para aplicação dos critérios identificados dois dos livros analisados no Estudo 1,cujos autores foram entrevistados. O livro 1 atendeu a cinco dos critérios e o livro 2 a dois. O critério principal identificado foi a precisão teórico-conceitual. Dadas as imprecisões arroladas no Estudo 1, pode-se concluir que alguns destes Livros e seus responsáveis desconsideraram o critério mais fundamental para publicação. Discutem-se ações que revertam essa negligência com a descrição da abordagem

ASSUNTO(S)

psicologia experimental ensino análise do comportamento critérios de avaliação de livros teaching behavior analysis criteria for evaluation of books




Comentários