OS CLOWNS DE MACHADO DE ASSIS, LIMA BARRETO E MONTEIRO LOBATO

AUTOR(ES)
FONTE

Machado Assis Linha

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

As lutas pela Abolição e a República trouxeram esperanças de mudanças substanciais a muitos brasileiros no fim do século XIX. Tais mudanças nunca se concretizaram já que a República transformou-se rapidamente num sistema político oligárquico marcado por uma modernização cosmética e violenta. "O enfermeiro", de Machado de Assis (1896), "O engraçado arrependido", de Monteiro Lobato (1918) e "O homem que sabia javanês", de Lima Barreto (1920) foram publicados sob o impacto desse desapontamento e os três contos têm semelhanças notáveis na forma de problematizar a questão da mobilidade social e das relações raciais/sociais no Brasil da virada do século.The struggles for Abolition and the Republic brought hopes of substantive change in the end of the 19th century in Brazil. That change never materialized: the Republic congealed into an oligarchic political system and an aggressive and cosmetic modernization. Machado de Assis' "The Nurse" (1896), Monteiro Lobato's "The Funny Man Who Repented" (1918), and Lima Barreto's "The Man Who Knew Javanese" (1920) all published under the impact of the disappointment of those who wished for true social and political democracy, bear remarkable similarities in their portrayal of the problem of social mobility and race relations.

ASSUNTO(S)

linguistics, letters and arts




Comentários