Incapacidade laboral entre trabalhadores do ramo Correios: incidência, duração e despesa previdenciária em 2008

AUTOR(ES)
FONTE

Cad. Saúde Pública

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-06

RESUMO

Analisou-se o perfil dos trabalhadores do ramo de atividade Correios que receberam benefícios auxílio-doença, no Brasil, em 2008. Os dados originaram-se do Sistema Único de Benefícios (SUB) e do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). A incidência foi de 556,5 benefícios por 10 mil empregados, e as principais causas de afastamento foram traumatismos, doenças osteomusculares e transtornos mentais. Locais de traumas mais notificados foram joelho e perna, punho e mão, tornozelo e pé, ombro e braço, com as maiores incidências em homens. Mulheres foram as mais acometidas por doenças osteomusculares e transtornos mentais. A duração do auxílio-doença foi maior entre homens, havendo aumento da incidência de benefícios com o envelhecimento. Os estados de Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina foram os de maiores incidências, e a despesa previdenciária foi de R$ 1.847,00. É possível que a atividade postal apresente riscos adicionais de acidentes em extremidades devido ao excesso de peso carregado por longas distâncias, risco de assaltos ou de acidente por mordedura de cães.This study analyzed the characteristics of Brazilian postal workers that received sick leave benefits in 2008. The databases were from the Unified Benefits System (SUB) and the National Registry of Social Information (CNIS). The incidence rate was 556.5 benefits per 10,000 employees, and the leading causes of work-related sick leave were injuries, musculoskeletal disorders, and mental disorders. Areas most frequently reported in injuries were knees and legs, wrists and hands, ankles and feet, and shoulders and arms, with higher incidence rates in men. Women were more affected by musculoskeletal disorders and mental disorders. Average sick leave lasted longer in men, and the incidence of benefits increased with age. The States with the highest incidence rates were Mato Grosso do Sul, Goiás, and Santa Catarina, and security benefits averaged BRL 1,847.00. Postal work may involve additional risk of injuries to the limbs, due to the long distances carrying heavy weight, assault, and dog bites.

ASSUNTO(S)

health sciences

Documentos Relacionados