Experiências de famílias com usuários atendidos em dispositivos de atenção psicossocial

AUTOR(ES)
FONTE

Physis

DATA DE PUBLICAÇÃO

31/08/2013

RESUMO

Pesquisa de natureza qualitativa, realizada no Nordeste brasileiro, de setembro a novembro de 2012, em que se objetivou compreender experiências de famílias com usuários atendidos em dispositivos de atenção psicossocial. Utilizaram-se, para a coleta das informações, a entrevista semiestruturada, o grupo focal e a observação participante. Como participantes da pesquisa, incluíram-se vinte famílias cuidadoras de usuários adultos com transtornos mentais graves, com histórico de atendimento em extinto hospital psiquiátrico e em tratamento, na ocasião do estudo, em dispositivo de atenção psicossocial. Na análise do material empírico, utilizou-se a fenomenologia hermenêutica de Ricoeur. As famílias enfrentavam dificuldades no cuidado em domicílio, destacando-se a situação de vigilância de comportamentos problemáticos de familiares com transtornos mentais. Havia satisfação das famílias concernente à atenção prestada pelo dispositivo; entretanto, elas evidenciaram a necessidade de melhorias neste, mediante inserção delas no cuidado em saúde mental, qualificação do acolhimento operado nesse serviço, regularização da escassez de medicamentos e garantia de transporte para familiares com transtornos mentais assistidos.Qualitative research conducted in Northeast Brazil, from September to November 2012, seeking to understand the experiences of families with users attended in psychosocial care units. Data collection used structured interviews, focus groups and participant observation. Participants were twenty families caregivers of adult users with severe mental disorders, with a history of psychiatric care in extinct hospital and being treated, at the time of the study, at a psychosocial care unit. In the empirical analysis, we used the phenomenological hermeneutics of Ricoeur. Families faced difficulties in domestic care, especially the situation of surveillance of problematic behaviors of family members with mental disorders. Families were satisfied with the care provided by the unit; however, they highlighted the need for improvements there, by their insertion in mental health care, qualification of host operating the service, regularization of the shortage of medicines and ensuring transportation for family members with mental disorders being cared for.

ASSUNTO(S)

health sciences human sciences

Documentos Relacionados