Divergência genética entre acessos de cajazinho (Spondias mombin L.) no norte do Espírito Santo

AUTOR(ES)
FONTE

Rev. Ceres

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-06

RESUMO

O estudo da diversidade genética proporciona informações fundamentais, nos programas de melhoramento genético de plantas, em relação à caracterização, conservação e utilização dos recursos genéticos disponíveis.se, com este trabalho, avaliar a divergência genética entre 35 acessos de cajazinho (Spondias mombin L.), com base em características físicas e químicas dos frutos. Os acessos foram selecionados nos municípios de Linhares e Sooretama, Região norte do Espírito Santo. Os dados foram submetidos à análise de variação entre e dentro dos 35 acessos, dispostos em cinco repetições de um fruto, totalmente ao acaso, para investigar a variabilidade genética entre os acessos de S. mombin. Existe divergência genética entre os acessos de S. mombin L., sendo C.3 o mais divergente. Os métodos de otimização de Tocher e o hierárquico UPGMA foram parcialmente concordantes quanto à formação dos grupos heteróticos de progênies de S. mombin L. As características que mais contribuíram para a divergência genética foram acidez total titulável (33,33%), peso de fruto (28,68%) e o diâmetro polar (9,80%).The study of genetic diversity is a fundamental tool in plant breeding programs, providing important information on characterization, conservation and utilization of the genetic resources available. The aim of this study was to assess the genetic diversity of 35 cajazinho genotypes (Spondias mombin L.), based on physical and chemical characteristics of fruits. The study evaluated 35 cajazinho genotypes (S. mombin L.) in the north of Espírito Santo. The experiment was arranged in a complete randomized design wit 35 treatments and five repetitions to investigate genetic variability among the genotypes of S. mombin. Data were subjected to analysis of variance. Genetic diversity was foung among the S. mombin L. progenies, being the most divergent the progenie C 3. Both the Tocher optimization and UPGMA were partially concordant with the formation of heterotic groups of S. mombin L. progenies; the characteristics that most contributed to the genetic divergence were total titrable acidity (33.33%), fruit weight (28.68%) and the polar diameter (9.80%).

ASSUNTO(S)

agricultural sciences biological sciences

Documentos Relacionados