Ação empresarial em escala regional: um estudo da permeabilidade do Legislativo do Paraná à ação da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) na 16ª legislatura (2007-2011)

AUTOR(ES)
FONTE

Soc. estado.

DATA DE PUBLICAÇÃO

2014-12

RESUMO

O objetivo deste texto é fazer um estudo do grau de sucesso e fracasso da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) diante das propostas apresentadas na Assembleia Legislativa do Paraná na 16ª legislatura (2007-2011). Para tanto, analisaremos o índice de convergência entre posicionamento da associação industrial paranaense e as proposições que tramitaram no Legislativo estadual, apoiando-nos na metodologia desenvolvida por Mancuso (2007) para a análise da ação parlamentar do empresariado em escala nacional. Procuraremos demonstrar duas proposições básicas: i. o grau de sucesso do empresariado paranaense é menor do que aquele observado por outros atores do Legislativo federal; ii. o empresariado paranaense pode ser caracterizado como ator político com baixo grau de capacidade propositiva, mas com elevado poder de veto sobre as propostas que contrariam seus interesses. Dessa forma, buscaremos inserir-nos no debate a respeito da ação política da ação empresarial no período pós-1988, evidenciando algumas de suas singularidades e formas inovadoras de ação coletiva em escala regional.The purpose of this paper is to study the degree of success and failure of Federation of Parana State Industry (Fiep) on the proposals submitted at the 16th Legislature (2007-2011) of the Legislative Assembly of Parana. To materialize this purpose, we analyze the convergence rate between the suggestions of Industry Federation of Paraná and the propositions that were processed during the legislature, drawing on the methodology developed by Mancuso (2007) for the analysis of parliamentary action of entrepreneurs. We seek to demonstrate two basis hypothesis: (i) the degree of success of the entrepreneurs of Parana State is smaller than that observed by other authors in Federal Legislature, (ii) the businessmen of Parana State are characterized as a political actor with a low degree of purposeful but with high power veto over the propositions that contradict their interests. Thus, we seek to enter into the debate about the political entrepreneurial action in the post-1988 brazilian political system, highlighting some of its uniqueness and innovative ways of collective action at regional scale.

ASSUNTO(S)

applied social sciences




Comentários