A responsabilidade social de siderúrgicas mineiras e a percepção de suas comunidades de entorno

AUTOR(ES)
FONTE

Prod.

DATA DE PUBLICAÇÃO

30/11/2013

RESUMO

Este estudo analisou as percepções que comunidades de três grandes siderúrgicas mineiras têm sobre a responsabilidade social dessas organizações, assim com a relação disso com o valor da marca (VM). O estudo se baseou na Pirâmide de responsabilidade social de Carroll (1991) e foi feito a partir de um método tipo Survey. Foi estruturado um questionário com afirmações do tipo Likert que procurou avaliar como as comunidades percebem as organizações do ponto de vista dos vários aspectos da responsabilidade social corporativa, de acordo com o modelo de Carroll (1991), assim como qual a percepção de marca que essas pessoas têm dessas corporações e a relação desses fatores. Os resultados foram analisados por meio de métodos estatísticos multivariados e demonstram que as empresas têm alto VM entre suas comunidades de entorno e que isso é construído principalmente em função de uma percepção positiva das dimensões éticas e filantrópicas.The main purpose of this paper was to evaluate the perception of three surrounding communities of large steel companies from the State of Minas Gerais about the social responsibility of these corporations, as well as the relationship between this perception and the brand value view (BV). The study used the framework "Pyramid of Social Responsibility", proposed by Carroll (1991). It was a quantitative survey research with Likert-type questions, which aimed to assess how the communities perceive the various aspects of the social responsibility of these organizations and the perception of their brand value, as well as the relationship between these factors. The results, which were analyzed by multivariate statistical methods, showed that the analyzed companies have high quality brand values, mainly due to a positive perception of their ethical and philanthropic dimensions.

ASSUNTO(S)

engineering

Documentos Relacionados